Facebook Para Empresas. Monetização De Videos.

Facebook Para Empresas. Monetização de Vídeos.

03 mar
2017

O Facebook para empresas trouxe novidades sobre as lives. Em breve as fã pages

poderão, além de gerar conteúdos para sua audiência, também gerar receita

com os mesmos. Usuários, da mesma forma em seus perfis, postando seus videos

e ganhando com views. Saiba tudo sobre este novo recurso neste artigo.

 

Basicamente serão duas formas de inserção dos vídeos.

 

1 – Pela própria plataforma do Facebook, com videos in-stream.

2- Através do Audience Network (que salvo engano já está disponível no Brasil),

com videos on-demand, dentro de websites e apps de parceiros.

 

O Facebook lançou três modelos de testes para monetização.

 

No Facebook já estão sendo testados os Ad Breaks em vídeos para páginas e perfis nos Estados Unidos.

Também testes de Ad Breaks em vídeos on-demand no Facebook com um pequeno número de parceiros.

E a monetização por visualizações (como no youtube) para todos os anunciantes elegíveis, que agora podem ganhar com anúncios em vídeos in-stream vistos em seus próprios websites e aplicativos, como já mencionado, por meio do Audience Network.

 

Como Funciona o Ad Breaks?

 

O Facebook Ad Breaks permitem que os criadores inseriram curtos intervalos para anúncios durante suas transmissões.

Ao optar por inserir os Ad Breaks, as pessoas que estão assistindo os vídeos verão um anúncio in-stream de até 15 segundos de duração e 5 de transição, totalizando em um intervalo de no máximo 20 segundos.

Os criadores de conteúdo receberão uma parcela da receita publicitária.

Páginas elegíveis e perfis terão a opção para usar Ad Breaks em qualquer transmissão ao vivo que atinja mais de 300 visualizações simultâneas.

 

Como usar os Ad Breaks nos videos?

 

O Facebook liberou apenas páginas e perfis nos EUA que podem se qualificar para testar os Ad Breaks se tiverem mais de 2000 seguidores e 300 visualizações simultâneas em um vídeo recente.

 

Basta adicionar o Ad Breaks durante qualquer transmissão ao clicar no símbolo “$” dentro da janela de composição da Live após 4 minutos de transmissão e, depois, a cada 5 minutos subsequentes.

 

O Facebook alerta para que páginas e perfis com propriedade intelectual ou padrões da comunidade violados podem ser desqualificados para utilizar o Ad Breaks. 

Começando de forma gradativa, páginas e perfis que estiverem qualificados para o teste receberão uma notificação da próxima vez que realizarem uma transmissão ao vivo.

 

Esta é mais uma maneira que a empresa de Zuckerberg encontrou para ganhar dinheiro.

Pelo visto, a guerra com a gigante Google por anúncios patrocinados só está começando.

 

O que você acha sobre o ponto de vista do usuário e também dos anunciantes? Deixe sua opinião.

 

A Click7 é especialista em anúncios nas plataformas Facebook e Instagram Ads.

Se quiser melhorar suas vendas ou mesmo posicionar sua marca, fale conosco clicando AQUI.

 

 

Este artigo pode ser útil para um amigo. Compartilhe!

Artigos Relacionados

Alen Cruz
autor

Gestor Estratégico de Marketing

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *